Numerologia: a Força das Palavras

Não é possível dizer com clareza quando surgiu a numerologia, para a Kabalah talvez a resposta esteja com Abraão. Para a numerologia latina, ela surgiu com Pitágoras.

Os antigos sábios egípcios diziam que tudo foi construído com base numa ordem cósmica. E essa ordem estava expressa e gravada ao nosso redor e em nós mesmos. Observando essa ordem era possível tanto construir as pirâmides, quanto entender o que nós estamos fazendo aqui.

Pitágoras viajou pela Babilônia, Pérsia e acabou se fixando no Egito, onde se iniciou nos mistérios sagrados e tornou-se sacerdote. Podemos imaginar que lá, olhando para as pirâmides, ele vislumbrou o seu teorema, mas também a ordem cósmica ensinada dentro dos Templos.

As numerologias latina e judaica, apesar de construirem de forma diferente o cálculo numerológico, têm princípios afins, entendem que cada pessoa, coisa ou palavra, reflete, em alguma medida, a ordem que está acima, no Cosmo. E essa ordem pode ser tocada, em toda a sua potência, na energia expressa pelo nome e pelo número que esse nome representa.

Para a numerologia tudo está expresso também de forma numérica. Assim, 1 é também A, e B é também 2. Então, não seria errado dizer que AB pode ser escrito como 3. Vale ressaltar que AB quer dizer Pai em hebraico. Desta forma, o 3 pode nos levar a várias divagações sobre o divino. Com esse jogo de palavras e números podemos ir descobrindo significados ocultos e tendo mais compreensão sobre o que está sendo dito e sair do literal do AB.

A numerologia explica que existe uma energia em cada número, letra, palavra. Essa energia pode ser percebida como uma vibração, uma força, uma cor que fala da essência do número, da letra ou da palavra.

Ao recebermos nosso nome, também nos é dado uma espécie de código sobre nós mesmos. Um código que precisa ser decifrado. Afinal, cada nome traz em si uma força que está contida na união das letras e da soma dos números que cada uma representa. Isto é o mesmo que dizer que o nome que recebemos ao nascer, indica uma energia que trazemos a essa mundo, mas que ainda não está pronta, porque muitas vezes recebemos a força em potência, em essência, ainda é preciso aperfeiçoá-la, entendê-la, desenvolvê-la ao máximo possível. Ainda precisamos aprender a lidar com cada uma dessas energias.

A numerologia ensina que essa força está tanto no nome que recebemos ao nascer como na data do nosso nascimento, que nos fala do destino e do aprendizado que precisa ser empreendido.

Tudo isto é como dizer que nada é aleatório, tudo é exato, e faz parte dos aprendizados que cada alma veio revelar nesse mundo. Para os sábios da antiguidade que permitiram que essa sabedoria chegasse aos dias de hoje, tudo está matematicamente traçado, da mesma forma como a órbita dos planetas no espaço.

Na palestra do mês de abril na AD’OR, no dia 27, eu falei sobre “Numerologia: A Força das Palavras”. Confira abaixo os tópicos abordados e a palestra na íntegra:

  • Ordem – O micro e o macro
  • Existe uma perspectiva lógica
  • A Torre de Babel
  • As Numerologias – da Kabalah, Latina e do  Tarot
  • Numerologia da Kabalah – 22 letras

TOV

Torah

Tirá

YHWH

  • Numerologia Latina – 26 letras

Número da Alma

Número da Impressão

Número da Expressão

Número do Destino

  • Numerologia do Tarot

Dharma

Kharma

Tônica de Vida

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *