Linha Adoriana de Pensamento

Posted on

Como surgiu

Saat Maet, orientadora espiritual da AD’OR, é a responsável pela construção da Linha Adoriana de Pensamento.
Ao longo de sua jornada, sempre trabalhou com muitas técnicas e conhecimentos como Tarot, Astrologia, Meditação, Acupuntura Egípcia e as Sabedorias da Kabalah e do Antigo Egito. No entanto, seu trabalho sempre esteve voltado essencialmente para a conscientização do Ser Humano e a transmissão da Sabedoria Sagrada.
Assim, criou um conjunto filosófico denominado “Linha Adoriana de Pensamento” – onde costura a Sabedoria Egípcia, a Kabalah, o Tarot, a Astrologia, a Meditação e a Psicoterapia aos ensinamentos de seus Mestres espirituais.

O Pensamento

A Linha Adoriana de Pensamento aborda, essencialmente, o processo de conscientização, para que cada um possa encontrar o centro de seu próprio Universo e, assim, chegar à evolução do SER.

“Existe um centro dentro de cada ser humano. Podemos chamá-lo de ponto de equilíbrio, eixo do ser… ou o nome que se achar melhor… Este centro reúne e harmoniza as múltiplas partes existentes dentro de cada um de nós. Quando encontramos o nosso centro nos deparamos com a alegria de poder viver em harmonia com toda nossa diversidade. Com o tempo, vamos aprendendo a manejar uma nova forma de nos relacionar com tudo que a vida nos apresenta. Ganhamos experiência e prática nesse novo formato, e descobrimos… que o centro é também um portal dimensional que nos permite atingir dimensões superiores de nós mesmos.”

Saat Maet

Alguns Pontos

A Escada da Evolução

– O Homem vive em uma escada de evolução da consciência, onde cada degrau corresponde a um aprendizado que deve ser realizado aqui na Terra.
A evolução acontece por etapas alcançadas.

O Ponto de Perfeição

– Cada um, de acordo com seu nível de evolução, possui um ponto de perfeição a ser alcançado.

Os Relacionamentos

– Os relacionamentos, sejam afetivos, familiares, profissionais ou de qualquer outro tipo, fazem parte do que viemos entender e aprender sobre nós mesmos.

Responsabilidade

– Cada ser humano é responsável pelos eventos que acontecem – ou não – em sua vida. Assumir a responsabilidade pelo que lhe acontece ajuda a pessoa a ficar mais atenta a seus pensamentos e às escolhas que faz durante a sua jornada neste mundo.

Dedicação

– Quando queremos realizar algo, nos dedicamos ao que queremos. A realização do SER requer de nós a mesma dedicação.

O Ser

– Somos uma alma e possuímos um corpo. Não é ao contrário! Muita gente diz que tem alma, mas a alma é o nosso SER. O que se tem, podemos deixar de ter um dia. Aquilo que somos está em nós para todo sempre.

O AQUI E AGORA

O mais importante que existe na vida está AQUI e AGORA. O momento presente é o lugar e a hora para uma pessoa começar a sua transformação.

O Processo

conscientização é um processo constante e infinito, significando crescimento vertical, alargamento da capacidade mental e da percepção.
É o caminho para a Evolução do Ser em direção ao Universo, através de um mergulho interior. Esse processo requer ação e vontade de quem vai realizá-lo, tanto para o reconhecimento de padrões cristalizados – aquilo que não auxilia na evolução -, como também para as transformações que se fazem necessárias para que ele aconteça.

A Terapia

Para que a conscientização do SER aconteça é necessário que alguém, que já tenha compreendido o caminho, explique o trajeto para aquele que está começando.
A terapia adoriana ajuda no processo inicial.
O terapeuta caminha junto, acompanhando o passo-a-passo, ajudando a desvendar o mistério que habita em cada um.
A terapia, além das conversas, traz informações práticas para aquele que está decidido a fazer transformações em si mesmo e na sua vida. Além da acupuntura egípcia, são acrescentados exercícios e meditações.